:.ATENÇÃO.:
»..ANJO SENSUAL..«
»CONTEÚDO EXCLUSIVO E IMPRÓPRIO PARA MENORES DE 18 ANOS«

…»PEDOFÍLIA É CRIME, DENÚNCIE!«…









:Dicas e Aventuras:


- 01/11/2010 a 30/11/2010
- 01/10/2010 a 31/10/2010
- 01/08/2010 a 31/08/2010
- 01/07/2010 a 31/07/2010
- 01/06/2010 a 30/06/2010
- 01/05/2010 a 31/05/2010
- 01/04/2010 a 30/04/2010
- 01/03/2010 a 31/03/2010
- 01/02/2010 a 28/02/2010
- 01/01/2010 a 31/01/2010
- 01/11/2009 a 30/11/2009
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005







::Dicas Calientes::
::Dicas Apimentadas::





…Aventure-se…

- "Anjo Sensual"
- "Clique Sex Shop"
- "Eu assim pra Você"



Indique esse Blog


Contador:

»Layout by«
…Cláudia Pit…






eXTReMe Tracker





Posições sexuais que os homens adoram

 

Sexo selvagem

Sabe aquela transa que faz tremer as estruturas da cama?

Há grandes chances de seu amado sonhar acordado com esse rala-e-rola animal. Principalmente se precisou bancar o bom moço durante o fim de semana na casa dos seus pais ou vocês estiveram separados por uns dias. Uma vez liberado, ele anseia por externar sua natureza de Tarzan.

 

A posição ideal para começar uma sessão de sexo animal é a cachorrinho.

Faça com que as mãos dele enlacem sua cintura - é a pista de que você o quer no comando da penetração. E acompanhe o ritmo do lindo pra valer. Manter seu pescoço pendido para baixo a ajudará a relaxar a coluna e a se mover com gosto.


O orgasmo está próximo?

Aperte seu PC (músculo pubococcígeo) ao redor do pênis dele para intensificar o estímulo. Na hora H, vire-se de frente e puxe-o ainda mais fundo dentro de você.

 

Império dos sentidos

"Quando a mulher estimula os cinco sentidos de um homem, excita-o de fora para dentro, duplicando o prazer", afirma Donald Etkes, sexólogo e autor do livro "Loving with Passion" (Amando com paixão).

 

Acaricie os pontos quentes do gato lentamente.

Em pé, pressione os seios nas costas dele e corra os dedos com óleo de massagem pelo tórax, mamilos, barriga e coxas. Ainda grudada nele, sussurre palavras picantes no ouvido e toque testículos e virilha para estimular as terminações nervosas.


Já com o moço a mil, deitem-se na posição da colher. Guie o pênis para dentro da sua vagina com as mãos, circulando a base com os dedos indicador e polegar e escorregando-os para cima e para baixo no ritmo do vai-e-vem.


Antes do orgasmo, sente-se sobre ele, jogue a cabeça para trás e movimente a pélvis como quem escreve o número oito, devagar.

 

Entrega total

Homens são eternos conquistadores.

E ficam excitadíssimos quando você se rende ao poder masculino, permitindo que assumam a direção. E lembre-se do poder do estímulo visual para a libido dos rapazes.

 

Nas preliminares, deixe seu corpo exposto.

Ponha os braços abertos para trás (ou segure na cabeceira), convide-o a penetrá-la e levante a pélvis para encontrar os movimentos dele no meio do caminho. Dê ao seu namorado espaço para se mexer ao bel-prazer e alternar penetração rasa com profunda.


Depois, passe as pernas sobre os ombros dele para que ele consiga agarrar seus tornozelos e posicioná-los como quiser.

 

Fora da cama

No último mês, quantas vezes vocês fizeram amor fora da cama? Uma!! Nenhuma!!

"Homens deliram ao fazer sexo em lugares diferentes por causa da emoção de sair da zona de conforto",

Para curtir uma transa de "risco" no banheiro (ou em outro cenário), fique de costas e ponha as mãos na parede, como se fosse ser revistada. Arqueie o corpo para trás a fim de facilitar a penetração.


Quando ele estiver em ponto de bala, sugue o dedo indicador do rapaz e leve-o até o clitóris. Ah! Pouco antes do clímax, faça um movimento repentino, como o de se segurar na toalha. "

 

Rapidinha

Depois de um dia estressante no escritório, é provável que seu homem deseje uma rapidinha. O motivo, segundo sexólogos: relaxa, ele não precisa gastar aquela energia nem ficar tão preocupado em dar prazer.


A melhor posição para uma rapidinha é deixá-lo por cima.

Durante os movimentos, escorregue uma das mãos para acariciar gentilmente os testículos do gato. Eles são meros coadjuvantes para a mulher, mas quando estimulados do jeito certo deixa o homem louco de tesão,


E não se preocupe se ele (ou você) se esquecer de tirar a roupa, porque seu amado vai romper num piscar de olhos qualquer barreira que o impeça de chegar ao paraíso.

Pode dispensar qualquer preparativo, menos o lubrificante - seu aliado quando abrevia o aquecimento, quer dizer, as preliminares.

 

Mulheres no comando

Se, ultimamente, é ele quem tem dado as cartas, inverter a ordem das coisas o fará crer que tem o que aprender com você. Alimenta o ego masculino.

 

Não é para agir como se estivesse incorporando um personagem: seja natural.

Assuma as rédeas quando estiver realmente predisposta. Tome posse do pênis, esfregue-o ao redor de seu clitóris e introduza-o na vagina como se fosse seu brinquedinho pessoal.

Uma vez lá, prenda as mãos dele na cabeceira da cama e movimente a pélvis criando círculos para torturá-lo de prazer.

 

3 tipos de sexo que eles odeiam

 

Megafônico
Quando os gemidos da mulher quase estouram os tímpanos do rapaz. Ou, então, ela dá ordens sem nenhum tato. Homens são sensíveis a comentários negativos na cama tanto quanto as mulheres.


Estupidamente gelado

Nem é preciso dizer quanto à ala masculina sofre quando a mulher deita e fica pensando no trabalho enquanto o coitado se esforça para dar prazer. Sexo combina com movimento de ambos.


Super-higiênico

A maioria dos homens perde a vontade de transar se a mulher é excessivamente preocupada com o próprio cheiro e cheia de frescuras e tem restrições a tocar aqui e ali.

 

(fonte: MdeMulher)



- Postado por: Casal Anjo Sensual às 00:08
[ ]





“Swing ou troca de casais”

 

A realização de swing ou a popular troca de casais vem aumentando a cada dia.

Segundo os adeptos, sexo em grupo não é traição e pode ser muito bom para o relacionamento.

 

De acordo com os swingeiros, o ciúme existe, mas, para participar das aventuras, é preciso ter um relacionamento firme, saber o limite do parceiro e ter muita discrição para evitar a discriminação.

 

O relacionamento homossexual também é possível, mas, na maior parte das vezes, é feita apenas entre as mulheres.

 

Como abordar o tema do Swing com o seu parceiro/a?

Façam o jogo do faz de conta.

Há dois momentos na "formação/evolução" de um casal Swinger. Um que se passa na cama ao nível da fantasia erótica e outro que decorre de um processo racional.

 

Muitos casais quando estão na cama falam um com o outro e imaginam a dois "coisas" que apimentam o momento. Um bom ponto de partida poderá ser a fantasia de incluir terceiros no "embate" amoroso e avaliarem em que medida a vossa relação enquadra e suporta essa fantasia e em que medida a fantasia se torna confortável, estimulante e excitante ou não para ambos.

Se ao longo do tempo verificarem que no plano erótico a fantasia se enquadra bem na relação, será então altura de passaram ao plano racional.

 

Sem ser na cama, construam um cenário em que se projetam a viver na realidade essa fantasia.

É importante estar bem informados, então, procurem sites específicos, interajam com outras pessoas, leiam e discutam textos publicados sobre o assunto. Só assim poderemos formar opiniões e sanar duvidas. Concentrem-se nas "matérias de fundo" e com espírito aberto, ouvindo com atenção o outro, falem descomplexadamente sobre o assunto, estabeleçam estratégias, sinais, regras entre vocês num jogo de "faz de conta".

Digam mesmo "Faz de conta que nos encontramos com outro casal e...." construam o cenário e falem. Repitam o jogo várias vezes e construam vários cenários.

 

Analisem em cada cenário os sentimentos de cada um.

Há medida que os jogos vão decorrendo e as peças se vão encaixando, vão descobrindo que, a dois, as soluções começam a aparecer num verdadeiro trabalho de equipa. Vão alternando estas conversas com o recriar de fantasias desse tipo na cama. O processo tem que ter "tempo" para amadurecer e para que ambos se sintam confortáveis.

 

O Swing não é a coisa mais importante do mundo. Lá que é divertido, mas em primeiro lugar está a relação do casal a qual não pode ser ferida de morte por um ato de impaciência, de intolerância, de precipitação, imposição ou chantagem emocional.

 

Como encontrar um casal?

O modo mais simples, seguro e eficaz de encontrar um casal é o de classificados em sites confiáveis para casais na Net.

Ao colocarem um anúncio, têm a oportunidade de dizer aos outros exatamente aquilo que querem e procuram. Desse modo, você faz ‘uma pré triagem’ de casais interessantes.

 

Antes do primeiro encontro, troquem fotos... Telefonemas... E-mails...

Diz a regra que, como não sabemos quem está do outro lado e nem seus reais interesses, todo cuidado é pouco. Portanto, fotos "vestidas" podem seguir de rosto descoberto. Fotos "nuas" ou "explicitas", só deveriam seguir com os rostos ‘tratados’.

 

Outra boa pedida é ‘visitar’ casas destinadas a casais liberais.

Muitas vezes, nada acontece na primeira visita, pois, o medo, a curiosidade e a ansiedade tomam conta de nossas emoções, portanto, nada impede que usem essa visita como um ‘degrau a mais’ na intimidade do casal.

(continua abaixo...)



- Postado por: Casal Anjo Sensual às 10:06
[ ]





O que acontece quando marcamos um encontro com outro casal...

São três as possibilidades:

A primeira é não haver condições para prosseguir o encontro e não haver interesse de ir mais longe e cada casal segue o seu destino. Ou, as coisas podem acontecer na seqüência desse encontro ou acontecer tempos mais tarde.

 

Há casais que antes de avançarem para uma situação de intimidade necessitam conhecer melhor os outros, explorar e criar laços de amizade, pelo que gostam e necessitam de conviver. Um casal interessado noutro e nestas circunstâncias deve expressá-lo. Ser o mais claro e transparente possível ajuda muito e elimina tensões e equívocos. Uma frase deste tipo " Sentimo-nos muito confortáveis com vocês e gostaríamos de os conhecer melhor antes de acontecer qualquer coisa .... sair mais vezes juntos, ir à praia etc..)", define a vossa posição e leva a que o outro casal faça o mesmo.

Se as opiniões forem coincidentes, maravilha. E como as coisas não vão acontecer logo a seguir porque ficou claro que primeiro todos querem desenvolver uma amizade, marquem um novo encontro para dali a alguns dias para tomar um café, para irem à praia, ao cinema, enfim qualquer coisa que dê continuidade a nova amizade até que um dia, ambos os casais, sintam que as condições estão reunidas e maduras para se conhecerem na intimidade.

 

A terceira alternativa é as coisas acontecerem no primeiro encontro.

A clareza continua a prevalecer também aqui. Uma frase deste tipo "Sentimo-nos muito confortáveis convosco e gostávamos de vos conhecer melhor e ir um pouco mais longe... a idéia agrada?" O outro casal vai naturalmente por as cartas na mesa. Se as deles foram coincidentes com as vossas, maravilha.

Manter as coisas práticas e simples também ajuda muito. Proponha que saiam dali para um local mais apropriado. Lembrando que NUNCA se deve levar um estranho a sua casa.

 

Cumplicidade e respeito ao parceiro é tudo, então, deve-se haver códigos entre o casal.

Todos os casais Swinger desenvolvem entre si determinados códigos para transmitirem um ao outro o que pensam ou desejam de uma dada situação.

Esses códigos podem ser coisas simples como, por exemplo, se ela estiver a fim de levar o contato adiante, ela troca de dedo o anel, ou, se não houver afinidade ela retoca o batom... Por seu lado o marido informa-a que tem interesse em prosseguir, se brinca com um isqueiro com a mão direita, rodopiando-o, por exemplo, sobre a mesa e comunica o seu desinteresse, se o manipula mão esquerda.

 

Como se marca e o que se passa num primeiro encontro?

Há muitas formas de o fazer.

Como toda a gente hoje tem telefone essa combinação, se não for feita por e-mail, deve ser feita por telefone. Pelo telefone falem sempre os quatro. Marquem o primeiro encontro para um local neutro e público, como um bar, um restaurante ou um café. Descrevam sumariamente como irão vestidos e que aspecto têm a fim de serem facilmente reconhecidos. Se o encontro for num local como numa rua, praça ou esquina e no qual o reconhecimento é feito pelas as características do automóvel, troquem informações sobre a marca/modelo do carro e a cor. Nesse caso, assim que detectarem o automóvel visado, façam um sinal de "olá" com a mão, estacionem e saiam do automóvel. O outro casal naturalmente fará o mesmo.

 

Cumprimentem-se e apresentem-se uns aos outros.

Lembre-se que a primeira impressão é muito importante. Comentar ‘discretamente’ com seu parceiro as primeiras impressões é muito bom.

 

No bar ou à mesa do café ou do restaurante, ajam naturalmente. Só vocês quatro sabem porque estão ali, portanto, todas as pessoas envolvidas estão a observar-se mutuamente e a absorver o máximo de informação para se aferir com a sua sensibilidade.

De início falem de trivialidades. Apresentem-se, digam o que fazem, falem do tempo, da praia, de qualquer coisa mais ou menos neutra que permita à conversa fluir e os ajude a superar os momentos iniciais, que são os mais difíceis a passar.

 

Ninguém vai dizer naquele momento "vamos pra cama...". Também ninguém vai começar ali com beliscões e ‘apalpões’. Por isso relaxem e deixem instalar algum conforto entre todos. Pouco e pouco, se houver empatia, o clima tende a ficar mais tranqüilo e confortável.

 

Como se aborda a questão sexo?

Com o passar do tempo vai-se tornando perceptível para todos que há um assunto que tem que ser falado. Estão lá todos para isso.

É nesta altura que se torna útil ter desenvolvido entre o casal um conjunto de códigos (citado anteriormente). Deste modo o casal sabe exatamente em que ponto está cada um e eliminam-se equívocos que muitas vezes podem criar situações de tensão.

Importante: ser simpático, respeitador e delicado é fundamental.

Uma frase deste tipo ou suas variantes ajudam muito "Gostamos muito de vos conhecer, não fiquem aborrecidos, mas ainda não nos sentimos completamente à vontade para ir mais longe nesse momento...”.

 

Mesmo se o outro casal se mostra interessado em vocês e se a vossa opinião se mantiver, sejam firmes mas sempre com delicadeza. Lembrem-se que a regra de ouro do Swing é o direito de dizer NÃO e o dever de o aceitar.

 

Sem outros rodeios ou desculpas, reafirmem o vosso ponto de vista de que não estão ainda à vontade para irem mais longe. Entrar por outras desculpas e explicações quase sempre conduz a debate, ao surgimento de equívocos.

 

Se o "Sim" prevalecer então tome a iniciativa, custa um bocadinho mas vai ver que não dói nada. Introduza o tema com uma pergunta deste gênero "São Swingers à muito tempo?" Uma pergunta deste tipo é bom para abrir as portas ao assunto. Uns dirão que sim, outros que não, outros que é a primeira vez e por aí fora. Dêem também as vossas opiniões, definam a vossa situação, sejam francos.

 

Se para vocês é a primeira vez, digam isso mesmo e não se intimidem e expressem claramente se estão ou não nervosos.

(continua abaixo...)



- Postado por: Casal Anjo Sensual às 10:03
[ ]





Fuja dos perigos!

 

Sejamos claros, diretos e falemos das coisas sem tabus.

Sexo é um "motor" extremamente poderoso que atraí e chama sempre gente oportunista e com poucos escrúpulos pronta a fazer "dinheiro" à sua custa.

 

O Swing é uma prática de sexo social que ocorre entre um casal que mantêm uma base vivencial e emocional regular com outro casal em idênticas circunstâncias.

 

Hoje em dia, a possibilidade de encontrar outros casais "verdadeiros" é vasta, ampla e diversificada, sem haver necessidade alguma de cair nas mãos de profissionais.

 

No entanto esses profissionais ainda não entenderam isto e porque pensam que os casais "verdadeiramente" Swingers são uma "cambada" de tarados sexuais dominados por impulsos descontrolados para "terem sexo" a qualquer preço e lá se vão encostando ao "meio" Swing, a ver se fazem algum $$...

 

Nada contra quem é profissional. Aliás, é comum encontramos, especial na Internet, casais que contratam os serviços de profissionais para concretizarem as suas fantasias eróticas com outro casal.

 

Tome cuidado com falsos casais. Um outro tipo de “enganação”  muito comum são mulheres (garotas de programas) contratadas por homens - casados ou solteiros -, para se fazerem passar por um casal Swinger "normal" ou seja, aquilo a que chamamos de casal de conveniência. Alguns indicadores de um casal deste tipo são, por exemplo, a impossibilidade de um contato telefônico; muito raramente se consegue falar com o elemento feminino do casal.

 

Também num encontro frente a frente com este tipo de casal, se estiver atento, concluí-se que as fotos, recebidas por e-mail ou publicadas em anúncios, não correspondem à pessoa que acabamos de conhecer.

 

Nestes casos, o casal de conveniência não "cobra" nada ao outro casal e destina-se tão somente a satisfazer fantasias e desejos exclusivamente dos homens que contratam as profissionais.

 

As dicas estão dadas... Agora é com cada um!

 

 

" PARA REFLETIR ANTES DE PRATICAR O SWING "

 

*Sentem-se ambos seguros na vossa relação e têm uma boa base de confiança recíproca?

 

*Existe boa comunicação com o seu parceiro na relação (realmente escutam-se um ao outro e respeitam os sentimentos de cada um)?

 

*A vossa relação sexual é boa, cheia e satisfatória para ambos e o Swing aparece como um complemento e uma abertura de horizontes ou a vossa relação sexual é má e o Swing não é mais do que uma fuga para a frente?

 

*Existe ciúmes ou sentimento de posse em relação ao seu parceiro ou o seu parceiro em relação a vocêi? 

 

*Consegue suportar ver e ouvir uma outra pessoa dar prazer ao seu parceiro e ver e ouvir o seu parceiro dar prazer a uma outra  pessoa?

 

*Se sentira completamente desinibido em dar ou receber prazer de uma outra pessoa junto do seu parceiro? 

 

*Ambos estão afins e querem participar deste tipo de atividade (não será só para fazer a vontade ao seu parceiro)? 

 

*Mesmo que não tenha fantasias bissexuais, já pensou no que sentirá e como reagirá quanto à presença e à proximidade, por vezes com contato físico, de outras pessoas do mesmo sexo em estado de ereção e excitação? 

 

*Como irá reagir e lidar com a constatação de que um outro homem ejaculou no sexo, na boca, no ânus, nas mãos ou sobre o corpo da sua parceira?

E como irá reagir a sua parceira quando o vir ejacular noutra mulher

 

(adaptado por: Blog Anjo Sensual)



- Postado por: Casal Anjo Sensual às 10:02
[ ]